Esquema de corrupção empresarial para favorecimento de executivos

Favorecimento de Executivos

Esquema de corrupção empresarial para favorecimento de executivos. Pagamento e recebimento de propinas. Suborno de executivos Desvio de dinheiro. Gestão de crises.

Cliente. Grande banco europeu (Banco GBE) detinha 50% do capital de banco de investimento brasileiro (BIB). O restante do capital era dividido entre outro banco europeu (40%) e grande grupo empresarial nacional (10%). O Banco GBE tinha responsabilidade total para administrar o banco brasileiro e assim respondia para os demais sócios.

Problema. A equipe de auditoria da matriz do Banco GBE apurou que o capital total do banco de investimento brasileiro (US$500 milhões) tinha sido perdido. Todo capital foi dado em empréstimos para empresas em situação financeira precária sem condições de assumir tais empréstimos.
Além dos danos potencias a reputação do Banco X, o banco teria que assumir, além da própria participação, a responsabilidade para indenizar os demais acionistas.
Antes da chegada do equipe de auditoria no Brasil, o único diretor expatriado do banco brasileiro nomeado pelo Banco GBE, tentou alertar Banco GBE que houve um esquema de kick-back onde empréstimos foram aprovados em troca de propina. As denúncias do diretor estrangeiro foram ignoradas.

Favorecimento de Executivos

Solução. A investigação apurou a existência de esquema de concessão de créditos em troca de propina de 15% do valor cada empréstimo. O esquema estava sendo coordenado pela diretoria do banco de investimentos e os pagamentos por fora foram divididos entre a diretoria e os funcionários responsáveis por aprovar os empréstimos. A investigação revelou também que os gestores do banco no Brasil estavam envolvidos com lavagem de dinheiro de narcotráfico e de corrupção politica. As denúncias do diretor estrangeiro foram ignoradas e ele sendo posicionado para ser bode expiatório e desviar atenção do fato que os responsáveis corporativos do Banco X tinham consistentemente ignorado os alertas ao longo dos anos ao ponto de ter demitido um diretor anterior que tentou chamar a atenção do Banco sobre as irregularidades na gestão do banco no Brasil.

Os nomes dos envolvidos foram trocados por razões de sigilo.Investindo no Brasil? Precisa saber quem vai gerenciar seu investimento. Wolfe Associates pode realizar estudo de perfil dos principais executivos.