Esquema de corrupção empresarial para favorecimento de executivos. Desvio de dinheiro. Pagamento e recebimento de propinas.

Esquema de corrupção empresarial para favorecimento de executivos

Cliente. Limpar, empresa nacional, fabricante de produtos de limpeza.

Problema. A diretoria da Limpar foi informada da existência de uma investigação policial alegando um esquema de fraude e sonegação fiscal cometido durante a gestão anterior em que certos fornecedores de matérias-primas para a produção de frascos plásticos não eram fornecedores legítimos, mas eram testas de ferro (“laranjas”) para uma quadrilha organizada composta de diretores do próprio grupo em conluio com Grupo Angara, um grande fornecedor de embalagens.

Esquema de corrupção empresarial para favorecimento de executivos.

Solução. A investigação apurou que a empresa Limpar foi vitima de fraude por conluio entre um grupo organizado formado por executivos da Limpar e do Grupo Angara, e os fornecedores suspeitos eram de fato empresas de fachada.Dos R$21 milhões de produtos vendidos pelos fornecedores suspeitos para Limpar, metade foi foram entregues ao Grupo Angara sem passar por controle de qualidade. Foi averiguado uma centralização da administração dos recursos da fraude. Foi apontado um ambiente de controle fraquíssimo que facilitou o cadastramento dos fornecedores suspeitos e a operacionalização do fraude. Wolfe Associates identificou um grupo de executivos da Limpar que agiu em conluio com Grupo Angara. Foram apurados indícios de má administração por parte da gestão anterior.O relatório da Wolfe Associates foi base de notitia criminis.

Os nomes dos envolvidos foram trocados por razões de sigilo. Sua empresaé vitima de má administração por parte executivos incompetentes ou agindo de má-fé?Está perdendo dinheiro com transações sem base comercial que beneficiam terceiros e funcionários e prejudica a empresa? Wolfe Associates pode investigar má administração, incompetência, negligência e conduta imprópria por parte de funcionários e terceiros. Nós podemos quantificar os prejuízos causados por incompetência e conduta ilícita, identificar vulnerabilidades nos controles e processos e recomendar contramedidas para correções.